Correios não serão privatizados, diz Marcos Pontes

Telegram

Marcos Pontes, “astronauta brasileiro” e futuro ministro da Ciência e Tecnologia, confirmou que os Correios ficarão subordinados a sua pasta no governo de Jair Bolsonaro, registra O Globo.

Questionado sobre a privatização da estatal, cujos serviços são alvo de inúmeras queixas, Pontes respondeu: “Por enquanto, não está na pauta”.

O futuro ministro disse ainda que a área de ensino superior ficará mesmo no Ministério da Educação, e não na sua pasta, como foi cogitado no início da transição.

Comentários

  • Jobson -

    Se os Correios, uma empresa pública que exerce uma atividade que não é genuinamente estatal (o Estado entregar cartas), ineficiente e deficitária não for privatizada, nada será privatizado...

  • Luciano -

    Porque sao muitas estatais, nao da para privatizar todas ao mesmo tempo, mas ate o final do mandato tenho certeza que sera privatizada e o mercado sera aberto e finalmente teremos competitividade.

  • Aury -

    Se não privatizar é a primeira e última vez que voto no Bolsonaro... Era algo que esperava de seu governo.

Ler 143 comentários