Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Corrupção deixa de ser prioridade para Polícia Federal

Corrupção deixa de ser prioridade para Polícia Federal
Helicóptero da Policia Federal reforça segurança para a chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre, nomeou para a Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado o delegado Cézar Luiz Busto de Souza, que estava chefiando a PF em Maringá havia 1 ano.

Ele já atuou em Rondônia, Foz do Iguaçu, Florianópolis e Londrina, normalmente focado em repressão às drogas. Também foi adido em Washington.

César Busto substitui Igor Romário de Paula, o delegado que comandou a Lava Jato no Paraná e que havia sido nomeado para o cargo em Brasília por Sergio Moro.

Em novembro, O Antagonista antecipou a mudança de foco na PF com André Mendonça como ministro.

Rolando Alexandre também tirou o delegado Milton Fornazari Jr. da Delegacia de Defesa Institucional, área de inquéritos eleitorais da Superintendência Regional paulista, que investigava os tucanos Geraldo Alckmin e José Serra.

Ele agora será representante do Brasil na Ameripol (Colômbia), grupo que reúne polícias de 18 países das Américas do Sul e Central.

O atual superintendente da PF em São Paulo, Lindinalvo Alexandrino de Almeida Filho, foi substituído por Dennis Cali, que hoje comanda a corporação no Ceará.

Outras mudanças são esperadas para os próximos dias.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO