Covas deve empurrar para novembro decisão sobre volta às aulas presenciais

Covas deve empurrar para novembro decisão sobre volta às aulas presenciais

Bruno Covas deve adiar para novembro a decisão sobre a volta às aulas presenciais na cidade de São Paulo, suspensas em razão da pandemia da Covid-19, registra a Folha.

Nesta quinta (17), o prefeito deve anunciar que as escolas poderão fazer atividades extracurriculares opcionais a partir de outubro, mas sem definição de retomada das aulas regulares.

O tucano, que é candidato à reeleição em novembro, sofre pressão de grupos opostos sobre a reabertura das escolas na cidade.

Os sindicatos de professores pedem que as aulas presenciais só sejam retomadas em 2021, mas os donos de escolas querem autorização para voltar a funcionar.

Leia mais: Lava Jato ameaçada de morte
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO