Covas e Doria acabam com transporte público gratuito para quem tem de 60 a 64 anos

Covas e Doria acabam com transporte público gratuito para quem tem de 60 a 64 anos
Foto: Sidnei Santos/SPTrans

Em ação conjunta, as gestões de Bruno Covas e João Doria anunciaram nesta quarta-feira (23) o fim da gratuidade no transporte coletivo municipal e intermunicipal para idosos entre 60 e 64 anos.

A medida abrange ônibus, metrô e trens e começará a valer em 1º de janeiro de 2021. Para quem tem 65 anos ou mais, o benefício continuará valendo, como previsto no Estatuto do Idoso.

A gratuidade no transporte público para pessoas com 60 anos ou mais começou a valer no estado e na capital paulista em 2013, sancionada pelo então prefeito Fernando Haddad e pelo então governador Geraldo Alckmin depois dos protestos contra a alta da tarifa.

Em nota conjunta, prefeitura e governo do estado confirmaram o fim do benefício sem entrar em detalhes sobre o subsídio pago às empresas de ônibus para compensar a gratuidade.

Leia mais: Crusoé mostra como a corte do STF volta a ser palco de troca de farpas entre ministros, intrigas e até ameaças após o julgamento da reeleição no Congresso.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO