ACESSE

Covas: PSDB "não soube fazer a lição de casa" para combater corrupção

Telegram

Bruno Covas voltou a defender a saída de Aécio Neves do PSDB.

Em entrevista à Época, o prefeito de São Paulo disse que o partido deixou a desejar em relação às punições de filiados envolvidos em denúncias de corrupção.

“Sempre disse que acho que um dos motivos pelos quais o PSDB perdeu a eleição no ano passado foi o desgaste envolvendo as acusações contra o Aécio. O partido não soube fazer a lição de casa em relação aos casos de corrupção”, afirmou o tucano.

Bruno Covas disse mais:

“A atitude que ele tomou é incompatível com o que o partido precisa defender como conceitos mínimos de ética na política. Não tem como conviver com alguém dentro do partido que tem uma gravação pedindo R$ 2 milhões a um empresário.”

O prefeito de São Paulo também disse que anulou o voto no segundo turno das eleições presidenciais de 2018, entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

“Deixei claro no ano passado que eu anulei meu voto no segundo turno porque não me sentia representado pelo Jair Bolsonaro. Não é nenhuma novidade dizer que tenho discordância ideológica. Juro que busquei em 2018 algum posicionamento dele que me desse conforto para poder votar nele. Não encontrei e não encontro agora.”

Exclusivo: os grampos da farra de Joesley Batista com os poderosos. CONFIRA

Comentários

  • Paulo -

    A ALMA DE UM TUCANO ENTERRADO, OS TUCANOS, FORAM COM OS PETRALHAS, PAULO PRETO, CHEIRADOR, DERSA, METRO SP, RODOANEL, ISSO NAO MORRE, DAS NOSSAS MENTES, CHEIRADOR AINDA NO PARTIDO.

  • LUCIANO -

    SUA DISCORDÂNCIA COM O NOSSO PRESIDENTE É DE CARÁTER, NÃO IDEOLÓGICA. ENQUANTO VC FAZ ESSE "TEATRO" SE DIZENDO INDIGNADO, O NOSSO PRESIDENTE MOSTRA EM AÇÕES O COMBATE AOS CRIMINOSOS. PSDB LIXO!

  • PAULO -

    O PSDB terá que cortar muito na carne para mostrar que é um novo partido. Naturalmente isso passa pelos ex governadores e alguns políticos de São Paulo, Goiás e Paraná.

Ler 61 comentários