Covas: "Querer me associar a Bolsonaro é desespero"

Covas: “Querer me associar a Bolsonaro é desespero”
Foto: Patrícia Cruz/Fotos Públicas

Bruno Cobras (PSDB) disse a O Globo que tentar associá-lo a Jair Bolsonaro “é desespero da campanha adversária”.

“Normalmente quem está à minha esquerda quer me jogar para a direita, quem está à minha direita quer me jogar para a esquerda. Durante o governo Dilma eu era neoliberal. O pessoal do governo Bolsonaro me chama de comunista. Em 2018 não votei em Bolsonaro, anulei meu voto. Não me sentia representado por nenhum dos dois projetos no segundo turno. Querer me associar a Bolsonaro é desespero da campanha adversária. Não tenho nenhum histórico em relação ao que se vê no governo federal.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 20 comentários
TOPO