Covid-19: aprovação de uso emergencial não basta para iniciar vacinação, diz Anvisa

Covid-19: aprovação de uso emergencial não basta para iniciar vacinação, diz Anvisa
Reprodução/TV Brasil

O gerente de medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, afirmou nesta quarta-feira (2) que a autorização de uso emergencial de vacinas contra a Covid-19 não basta para iniciar o processo de imunização da população.

“Ela se limita a uma autorização regulatória”, afirmou Mendes. “Os procedimentos para acesso serão definidos pela empresa solicitante junto com outras instâncias do governo, então são autorizações diferentes”, acrescentou.

Isso significa que a agência reguladora não pode indicar quando começará a vacinação, mesmo em caráter emergencial.

O gerente de medicamentos, que deu entrevista logo após a divulgação do guia da Anvisa que define os requisitos mínimos para o procedimento, acrescentou que, por ora, não há nenhum pedido formal de uso emergencial da vacina contra Covid-19 no Brasil.

 

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 27 comentários
TOPO