Covid-19: Covas contradiz Doria e diz que vacinação não precisará ser obrigatória em São Paulo

Em disputa pela reeleição na prefeitura de São Paulo –e, segundo as pesquisas recentes, atrás de Celso Russomanno–, Bruno Covas disse que a vacinação contra a Covid-19 não precisará ser obrigatória na capital paulista.

“Nenhuma necessidade de tornar obrigatória [a vacinação]. A gente tem feito aqui campanhas de vacinação em que mais de 90% da população participa, se envolve”, declarou o tucano em entrevista à rádio Eldorado.

“Campanha de conscientização da prefeitura é sempre bem feita. Tenho certeza que mais uma vez não será diferente com a campanha de vacinação quando a gente tiver a vacina disponível para o coronavírus”, acrescentou Covas.

A afirmação do prefeito contraria a de João Doria, seu aliado e antecessor na prefeitura, na última sexta (16). Segundo o governador, a vacinação contra o novo coronavírus será obrigatória em todo o estado, exceto para pessoas que apresentem alguma restrição avalizada por um médico.

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: confira os desdobramentos com informações exclusivas
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 15 comentários
TOPO