Covid-19: estudo nacional indica que número de infectados deve ser 7 vezes maior

Covid-19: estudo nacional indica que número de infectados deve ser 7 vezes maior
Foto: Governo de São Paulo

Resultados iniciais do Epicovid-19, primeiro estudo nacional sobre a Covid-19 no Brasil, indicam que o número de infectados pelo novo coronavírus deve ser cerca de sete vezes aquele registrado nas estatísticas oficiais.

Oficialmente, segundo o Ministério da Saúde, o país todo tem quase 375 mil casos de infecção pelo novo coronavírus. Segundo o estudo, já seria mais que o dobro disso –760 mil– em apenas 90 cidades brasileiras.

A pesquisa –coordenada pelo reitor da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Hallal, com pesquisadores de outras cinco universidades– foi realizada entre 14 e 21 de maio. Foram colhidos exames gratuitos de 25.025 pessoas, uma amostra da população brasileira.

O estudo também indica que a taxa de infecção no Brasil ainda está muito longe da imunidade coletiva, chamada “de rebanho”. Em São Paulo, por exemplo, só 3,1% da população já teria sido infectada e desenvolvido anticorpos.

 

Leia também: O plano do Rio Grande do Sul para combater a pandemia e retomar a economia
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO