ACESSE

Covid-19: "Não há como precisar o momento em que haverá um pico único no Brasil", diz secretário da Saúde

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

O secretário substituto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, afirmou nesta sexta-feira (29) que o Ministério da Saúde não faz previsões de quando haverá o pico da Covid-19 no Brasil.

Segundo Macário, o país tem dimensões continentais e, por isso, não é possível falar em um pico único no Brasil.

“Não há como precisar o momento em que haverá um pico único no Brasil. Isso a gente não leva em consideração. A gente analisa os casos por estados, por cidades.”

O secretário também destacou que as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste atravessam o período de sazonalidade de doenças respiratórias, por causa da queda das temperaturas, enquanto Norte e Nordeste acabam de passar por esse período de mais infecções.

Leia também: Quais líderes estão se saindo bem na pandemia?

Comentários

  • Lourenço -

    Alguém falou a verdade

  • JOSE -

    Até um tonto pode saber que nunca haverá um mesmo pico no país inteiro, dadas as dimensões do país. É só pensar ao invés de ruminar.

  • Rogerio -

    Ou seja... Sei lá !

Ler 18 comentários