Covid-19: prefeito de Manaus recebe alta depois de um mês

O prefeito de Manaus, o tucano Arthur Virgílio, 74, recebeu alta médica e retornou à capital do Amazonas na manhã desta quarta-feira (29), após um mês de tratamento contra a Covid-19.

Virgílio estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo –para onde foi transferido depois de passar seis dias num hospital particular de Manaus– desde o dia 6 de julho.

A mulher do prefeito, Elizabeth, também recuperada da Covid-19, retornou ao Amazonas nesta quarta com Virgílio. Os dois haviam participado da inauguração de uma obra viária em 29 de junho, antes de seus exames darem positivo.

Segundo a contagem da Folha, a doença atingiu pelo menos 47 políticos brasileiros de alto escalão, como deputados federais, senadores, governadores, ministros e o próprio presidente, Jair Bolsonaro, também recuperado.

Leia mais: Diogo Mainardi: 'Gilmar não vai derrubar Bolsonaro'
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO