Covid-19: Saúde diz que adotará vacina que 'chegar primeiro com eficácia comprovada'

Hélio Angotti Neto, o secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, afirmou nesta quarta-feira (12) que a pasta pretende usar a primeira vacina que se mostrar eficiente e segura contra o novo coronavírus, registra O Globo.

Segundo o secretário, o fato de o governo federal ter fechado parceria para a vacina produzida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca não exclui as outras opções.

“A preferência de adoção é a que chegar primeiro com eficácia e efetividade comprovada. Se tem 3, 4, 5, 15 opções de vacina, e essas 15 ajudarem o nosso povo, o governo vai atrás das 15”, declarou Angotti.

“Não há problema nenhum no fato de ter um acordo com um determinado parceiro que nós fechemos acordo com outros. Não há impedimento nesse aspecto”, acrescentou.

Leia mais: Sócios no desastre: a responsabilidade dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais lidas
  1. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  2. Neymar pai no 'churrasco de leite condensado'

  3. Bolsonaro contradiz governador do AM e alega que governo não foi informado de falta de oxigênio

  4. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  5. Huck 2026?

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO