Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Covid: após 191 dias internado, idoso recebe alta devendo R$ 2,6 milhões a hospital

Carlos Higa, de 72 anos, teve complicações da doença e chegou a ficar 100 dias intubado; ele estava no Hospital São Camilo, na capital paulista
Covid: após 191 dias internado, idoso recebe alta devendo R$ 2,6 milhões a hospital
Foto: Arquivo Pessoal

Depois de ficar 191 dias internado com Covid, Carlos Massatoshi Higa, de 72 anos, recebeu alta do Hospital São Camilo, na Zona Norte de São Paulo, na última segunda-feira (4). No entanto, ele deixou o local com uma dívida de R$ 2,6 milhões.

Carlos Higa teve complicações da doença e chegou a ficar 100 dias intubado. Com limitações na fala e nos movimentos, ele agora precisa de tratamentos, como de fonoaudiologia e fisioterapia, para se recuperar.

O idoso foi diagnosticado com Covid em março deste ano. A filha dele, Juliana Higa, de 37 anos, disse ao G1 que tentou transferir o pai para a rede pública antes que a dívida ficasse impagável.

“Conseguimos uma vaga no Hospital do Mandaqui. Levei ele até lá e a vaga era para UTI Covid e ele não tinha mais Covid, mas tinha de tratar as complicações que essa doença tinha deixado. O próprio médico que nos atendeu me disse que, se fosse o pai dele, não deixaria lá. O risco era ele pegar Covid de novo! No mesmo dia, voltamos para o Hospital São Camilo. Nesse vai e vem, somou essa quantia.”

Juliana, que é professora da rede municipal de ensino da capital paulista e doutora em microbiologia, relatou que a família está vendendo todos os bens para juntar o máximo de dinheiro possível e tentar negociar a dívida com o hospital. 

Mais notícias
TOPO