ACESSE

Covidão no DF: prejuízo de cerca de R$ 30 milhões

Telegram

O Ministério Público estima que as supostas fraudes nas compras de testes de Covid-19 pelo governo do DF tenham causado prejuízo de R$ 30 milhões aos cofres públicos.

A compra do testes, por dispensa de licitação, custou R$ 73 milhões ao governo de Ibaneis Rocha (MDB).

São investigados os crimes de fraude a licitação, organização criminosa, corrupção ativa e passiva, cartel e lavagem de dinheiro.

Entre os alvos, estão o subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck, e o diretor do Laboratório Central do DF, Jorge Antônio Chamon Júnior.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Mauricio -

    Tudo bobagem! Todos sabiam que a regra do mercado é essa: oferta e procura. À época tinha de comprar e a oferta era baixa. Então os preços subiram! Se não comprassem morreriam mais gente!

  • Edelson -

    E aí IBANEIS? Como fica agora?

  • Vitor -

    SEM NOVIDADES NO FRONT DAS COMPRAS! O DF NÃO PODE SER DIFE- RENTE DOS OUTROS ESTADOS, TEM QUE HAVER UMA CORRUPÇÃO! PRA FICAR TUDO IGUAL.

Ler 10 comentários