Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI aprova pedido de retratação de Bolsonaro por associar vacina à Aids; governista vota contra

O senador Jorginho Mello, do PL de Santa Catarina, não concordou com os requerimentos e foi criticado pelo presidente da comissão, Omar Aziz
CPI aprova pedido de retratação de Bolsonaro por associar vacina à Aids; governista vota contra
Foto: Reprodução/Tv Senado

No início da última sessão da CPI da Covid, a maioria dos senadores aprovou dois requerimentos pedindo a responsabilização de Jair Bolsonaro pela mentira de ter associado a vacina contra a Covid à Aids.

A CPI quer a retratação do presidente da República e que ele seja banido das redes sociais.

Dos presentes à CPI no momento da votação dos requerimentos, somente o senador Jorginho Mello (foto), do PL de Santa Catarina, se posicionou contra.

“O senador Jorginho acha que as palavras do presidente estão corretas”, provocou o presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD).

“Eu não pedi comentário”, rebateu o governista.

Aziz continuou suas críticas à declaração mentirosa de Jair Bolsonaro:

“A Presidência é uma instituição, não é um cargo de boteco, em que você fala o que quer, tomando cerveja e comendo churrasquinho.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO