CPI aprova quebra dos sigilos bancário e fiscal do Iabas

A CPI das Quarteirizações na Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta manhã requerimento de quebra dos sigilos bancário e fiscal do Iabas.

O Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas) foi responsável pela implantação e gerenciamento do Hospital de Campanha do Anhembi, de abril a agosto deste ano.

O requerimento, assinado pelo presidente da CPI, Edmir Chedid (DEM), pede a quebra do sigilo fiscal e bancário do Iabas e também das contas bancárias vinculadas ao Termo Aditivo assinado com a prefeitura de São Paulo para o hospital de campanha.

Na justificativa, Chedid escreveu que “consta do Portal Transparência do Governo do Estado de São Paulo que entre março e agosto de 2020 foram transferidos aproximadamente 123 milhões de reais de recursos estaduais para o Fundo Municipal de Saúde para enfrentamento do COVID-19, portanto, o contrato firmado com o Iabas para implantação e operação do Hospital de Campanha do Anhembi foi também financiado com recursos públicos estaduais”.

Na quarta-feira passada (26), o presidente do Iabas, Claudio Alves França, compareceu à CPI. Ele admitiu o deslocamento de médicos de postos de saúde, contratados separadamente pela prefeitura da capital, para trabalhar no hospital de campanha do Anhembi, bancado pela prefeitura e pelo governo estadual.

Claudio Alves França foi um dos alvos da Operação Placebo, no fim de maio.

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. O bolsonarista Eduardo Cunha

  3. O Pazuello da Economia

  4. Covid-19: Brasil já vacinou 844 mil, diz consórcio da imprensa

  5. ENTREVISTA: Wilson Lima diz que Pazuello ajuda a 'agilizar demandas', mas que 'ainda falta oxigênio'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários
TOPO