Quem é o 'Grego', empresário que intermediou venda de respiradores ao governo Doria

Quem é o Grego, empresário que intermediou venda de respiradores ao governo Doria
Foto: Reprodução/redes sociais

Como mostramos mais cedo, a CPI das Quarteirizaçõe da Alesp decidiu convocar o empresário Basile Pantazis para depor sobre a compra de respiradores chineses pela gestão João Doria.

Estimada inicialmente em mais de R$ 500 milhões, a compra foi repactuada para R$ 242 milhões e depois cancelada, com apenas 30% das máquinas entregues.

O Antagonista e Crusoé já publicaram uma série de reportagens sobre Pantazis, conhecido como “Grego”.

Em junho, a revista lembrou que “Grego”, ex-tesoureiro do PTB, teve na época do mensalão uma das suas empresas “pilhada compartilhando com o partido de Roberto Jefferson um quinhão do que faturava nos Correios”.

No mesmo mês, o site citou relatório parlamentar que apontou uma série de inconsistências no negócio e possível direcionamento para a empresa Hichens Harrison, representada por “Grego”.

Tanto o governo como a Hichens Harrison negaram participação do empresário na compra dos respiradores —que, no entanto, foi confirmada por Pantazis ao MP.

Leia mais: O DNA da corrupção
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO