Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI da Covid erra em apuração sobre ‘gabinete do ódio’

A lista de alvos inclui assessores presidenciais, como Tércio Arnaud Tomaz e José Matheus Salles Gomes, além do blogueiro Allan dos Santos
CPI da Covid erra em apuração sobre ‘gabinete do ódio’
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A CPI da Covid cometeu erros em ofícios enviados a empresas como a Microsoft e o Twitter para pedir dados de integrantes do chamado “gabinete do ódio”, diz a Crusoé.

A lista de alvos inclui assessores presidenciais, como Tércio Arnaud Tomaz e José Matheus Salles Gomes, além do blogueiro Allan dos Santos.

Em resposta, a Microsoft comunicou a CPI que não consegue fazer buscas com base em dados convencionais, como nome completo ou CPF. Em razão dos erros, a comissão terá de reformular os documentos e deverá atrasar na entrega de informações necessárias à investigação

Leia aqui a íntegra. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

E leia também: CPI pede quebras de sigilo de Allan dos Santos e mais 6 donos de sites bolsonaristas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO