Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI da Covid: Ministério da Saúde confirma distribuição de 5,4 milhões de comprimidos de cloroquina

De acordo com a pasta, a distribuição do medicamento ocorreu entre os meses de março e agosto do ano passado
CPI da Covid: Ministério da Saúde confirma distribuição de 5,4 milhões de comprimidos de cloroquina
Foto: Marco Santos/Ag. Pará

Em documento encaminhado à CPI da Covid, o Ministério da Saúde informou que ao longo da pandemia distribuiu 5,4 milhões de comprimidos de 150 mg de cloroquina – medicamento sem eficácia comprovada para o tratamento do novo coronavírus.

De acordo com a pasta, a distribuição de cloroquina ocorreu entre os meses de março e agosto do ano passado. A primeira remessa ocorreu entre março e maio com um total de 2,9 milhões de comprimidos; a outra, entre maio e setembro, com outros 2,5 milhões.

“As entregas de cloroquina de 150 mg realizadas entre 27/03/2020 e 19/05/2020, foram pautadas nas primeiras Notas Informativas divulgadas pelo Ministério da Saúde, e dessa forma, eram destinadas como terapia adjuvante no atendimento de formas graves, em pacientes hospitalizados”, declarou a pasta em documento encaminhado à CPI.

“A partir de setembro de 2020, registrou-se queda no número de casos de Covid-19 no país, de forma que também houve forte redução de solicitações de cloroquina/hidroxicloroquina pelos entes federados. Desde então, as poucas solicitações foram atendidas com o fornecimento de hidroxicloroquina 200 mg, recebida por doação do governo norte-americano”, informou o Ministério da Saúde.

Leia na íntegra a nota técnica do Ministério da Saúde sobre a cloroquina

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO