Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI da Covid: PGR abriu 6 apurações preliminares envolvendo Bolsonaro

Segundo o Globo, petições envolvendo o presidente tratam dos crimes de epidemia, infração de medida sanitária preventiva e charlatanismo, entre outros
CPI da Covid: PGR abriu 6 apurações preliminares envolvendo Bolsonaro
Foto: Palácio do Planalto/Flickr

Com base no relatório final da CPI da Covid, a PGR abriu um conjunto de seis novas investigações preliminares junto ao STF envolvendo Jair Bolsonaro (foto), ministros do governo e parlamentares, informa O Globo.

O jornal carioca teve acesso aos procedimentos, que correm sob sigilo a pedido da PGR. Trata-se de um estágio anterior à abertura de inquérito, para fazer uma análise prévia sobre os fatos e avaliar se há indícios suficientes de crimes.

No total, foram apresentadas ao Supremo na semana passada dez petições, que relacionam 12 autoridades com foro privilegiado no STF — algumas delas aparecem em mais de um processo. Os pedidos estão sob análise dos ministros relatores sorteados.

Todas as petições se baseiam nas informações apuradas pela CPI ao longo dos seis meses de trabalho, sem nenhuma prova adicional produzida até o momento. Segundo O Globo, os pedidos envolvendo o presidente tratam dos crimes de epidemia, infração de medida sanitária preventiva, charlatanismo, incitação ao crime, falsificação de documento particular e emprego irregular de verbas públicas.

Ainda há uma petição sobre o crime de prevaricação na compra da Covaxin, mas o caso já está em investigação pela PF num inquérito sob a relatoria de Rosa Weber —as provas produzidas na comissão devem ser encaminhadas para o inquérito já aberto.

Outros alvos das petições são ministros como Marcelo Queiroga, Braga Netto e Wagner Rosário e parlamentares como Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro, Ricardo Barros, Osmar Terra, Bia Kicis, Carla Zambelli e Carlos Jordy.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....