CPI da Covid pode ficar para a semana que vem; Aziz protesta

CPI da Covid pode ficar para a semana que vem; Aziz protesta
Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

Ainda não é certo que a CPI da Covid no Senado será iniciada nesta semana.

Hoje e amanhã, a instalação não ocorrerá, pois haverá sessões do Congresso, que impedem a realização de qualquer outra atividade.

Na quarta-feira, será feriado de Tiradentes.

Titulares da comissão apostam que o primeiro encontro será na quinta-feira (22), mas não há nada certo ainda.

Omar Aziz (PSD), que até aqui tem maioria de votos para presidir a CPI, disse a O Antagonista:

“O compromisso que o presidente Rodrigo Pacheco assumiu comigo no sábado foi de que hoje me daria uma posição. Ele só queria uma maior segurança em razão da pandemia, porque a primeira reunião terá de ser presencial.”

Está marcada para quinta-feira a reunião de líderes do Senado. Para Aziz, isso não inviabiliza o início dos trabalhos da CPI.

“Isso [deixar para a semana que vem] é protelar”, reagiu.

Nesse primeiro encontro, serão escolhidos presidente, vice-presidente e relator do colegiado. Há um acordo para que essas funções sejam ocupadas, respectivamente, pelos senadores Omar Aziz (PSD), Randolfe Rodrigues (Rede) e Renan Calheiros (MDB). O senador Eduardo Girão (Podemos) trabalha nos bastidores para tentar furar o acordo e comandar a comissão.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO