Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI da Covid quebra sigilo de empresas de publicidade contratadas pelo governo Bolsonaro

A quebra de sigilos busca encontrar provas da origem do financiamento para disseminação de fake news sobre a pandemia
CPI da Covid quebra sigilo de empresas de publicidade contratadas pelo governo Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A CPI da Covid aprovou três requerimentos de quebra de sigilos bancário, fiscal, telefônico e telemático das empresas PPR – Profissionais de Publicidade Reunidos, Artplan e Calia Y2 Propaganda responsáveis pela publicidade institucional do governo Bolsonaro desde o ano passado.

A quebra de sigilos busca encontrar provas da origem do financiamento para disseminação de fake news sobre a pandemia, “tratamento precoce” e vacinação. Existe a suspeita também de favorecimento, por intermédio do ex-secretário Fabio Wajngarten, de sites alinhados ao governo federal.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO