Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI da Covid vai recorrer de decisão que liberou motoboy para faltar a depoimento

Ivanildo Gonçalves da Silva fez saques milionários para a VTClog, empresa que presta serviços ao Ministério da Saúde
CPI da Covid vai recorrer de decisão que liberou motoboy para faltar a depoimento
Foto: Pedro França/Agência Senado

A cúpula da CPI da Covid vai recorrer da decisão do ministro do STF Kassio Nunes Marques, que autorizou o motoboy da VTCLog Ivanildo Gonçalves da Silva a faltar ao depoimento marcado para esta terça-feira (31) pela CPI da Covid.

Como mostramos, o motoboy conseguiu um habeas corpus do ministro indicado por Jair Bolsonaro na noite desta segunda-feira.

“Pelo visto, a VTClog é realmente muito poderosa. Que segredos o motoboy esconde? Respeitamos a decisão do ministro Nunes Marques, mas iremos recorrer da decisão!”, anunciou no Twitter o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Ivanildo Gonçalves passou a ser investigado pela CPI após relatórios do Coaf apontarem que ele movimentou, em espécie, R$ 4,7 milhões em nome da VTCLog. A suspeita dos senadores é que esse dinheiro tenha sido usado para o pagamento de propina a parlamentares do PP.

Mais notícias
TOPO