Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI do BNDES recorre para tentar abrir celular-bomba de diretor da J&F

CPI do BNDES recorre para tentar abrir celular-bomba de diretor da J&F
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente da CPI do BNDES, Vanderley Macris (PSDB), entrou há pouco no STF com pedido para que Cármen Lúcia reconsidere a decisão que impediu o acesso da comissão ao celular de Francisco de Assis e Silva, diretor da J&F.

Atendendo a pedido da OAB, Carminha avaliou que Francisco, por ser advogado, teria prerrogativa de sigilo. Macris, porém, informa que o diretor da J&F não exercia função jurídica no grupo, mas de relações institucionais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO