ACESSE

CPI quebra sigilo de suspeitos de receber propina em fábrica de remédios de SP

Telegram

A CPI que investiga irregularidades na fábrica de remédios da Furp, estatal do governo paulista, aprovou a quebra do sigilo telefônico de três ex-servidores suspeitos de terem recebido propina da Camargo Corrêa.

Os três foram citados na delação premiada da empreiteira fechada com o Ministério Público de São Paulo.

Leia a reportagem de Fabio Leite na Crusoé:

CPI quebra sigilo de suspeitos de receber propina em fábrica de remédios de SP

Relatos explosivos dos empreiteiros sobre a construção de prédios de tribunais em Brasília. LEIA AQUI

Comentários

  • Wolfpack -

    Alguem tem que investigar estas farmaceuticas patrocinadores de remédios na Stock Car. Muito dinheiro destas empresas em corridas de carro.

  • Izabel -

    Essas CPIs só gastam dinheiro e não investigam nada!

  • Machado -

    E a ANVISA não via nada!

Ler 5 comentários