Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI quebra sigilos do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros

Em depoimento à comissão, o deputado Luis Miranda disse que partiu de Bolsonaro a informação sobre o envolvimento do líder do governo no caso Covaxin
CPI quebra sigilos do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Os integrantes da CPI da Covid determinaram há pouco a quebra dos sigilos bancário, fiscal, telefônico e telemático do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

Em depoimento à comissão parlamentar de inquérito, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) disse que partiu do próprio Jair Bolsonaro a informação sobre um possível envolvimento do líder do governo no caso Covaxin.

Agora, com o levantamento dos sigilos, senadores vão buscar mais informações sobre as relações de Barros com a Precisa Medicamentos, representante do laboratório Bharat Biotech no Brasil.

“Viu-se, no curso das investigações, outras provas e indícios que vinculam o senhor Ricardo Barros aos fatos objeto de inquérito, além da informação do deputado federal Luís Miranda de que o presidente da República reconheceu perante duas testemunhas, diante da materialidade do delito, a sua autoria, imputação em nenhum momento negada pelo senhor Jair Bolsonaro”, diz o requerimento de autoria do senador Alessandro Vieira, que foi aprovado hoje.

Barros ainda não depôs na CPI.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO