Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI vai questionar Barra Torres sobre 'decreto da cloroquina' e atraso nas vacinas

Episódio foi relatado pelo ex-ministro Luiz Henrique Mandetta em seu depoimento à comissão na semana passada
CPI vai questionar Barra Torres sobre decreto da cloroquina e atraso nas vacinas
Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, será questionado daqui a pouco na CPI da Covid sobre a tentativa do governo federal de mudar a bula da cloroquina para incluir aplicação contra o novo coronavírus.

Em seu depoimento na semana passada, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta revelou que, em uma das reuniões ministeriais sobre as ações de enfretamento à pandemia, assessores palacianos sugeriram que a Anvisa incluísse a cloroquina como remédio para tratar o novo coronavírus.

“Havia um papel não timbrado com informações sugerindo que se mudasse a bula da cloroquina na Anvisa e o próprio presidente Barra Torres que disse ‘isso não’. Alguém botou aquilo em formato de decreto”, disse Mandetta.

O ex-ministro, porém, afirmou não lembrar quem estava presente na reunião.

Barra Torres também será questionado sobre atrasos no processo de liberação das vacinas e se foi pressionado pelo Palácio do Planalto. Ele poderá ser alvo de pedido de quebra de sigilos telefônico e telemático.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO