Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

CPI volta atrás e retira nome de Heinze da lista de possíveis indiciados

Vieira disse que não concorda, mas acatou o argumento de que o senador bolsonarista é protegido pela chamada imunidade parlamentar
CPI volta atrás e retira nome de Heinze da lista de possíveis indiciados
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Na última sessão da CPI da Covid, ainda em andamento, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) acaba de pedir a Renan Calheiros (MDB) que retire da lista de possíveis indiciados o nome do colega Luis Carlos Heinze (foto).

Renan, relator da CPI, acatou o pedido e, com isso, voltou atrás na decisão anunciada mais cedo, como noticiamos.

Pela manhã, quando Heinze fazia a leitura de seu relatório paralelo, insistindo na defesa do inexistente “tratamento precoce” contra a Covid, Vieira pediu e Renan acatou a investida contra o colega bolsonarista.

Leia também: No fim da contas, Heinze ignora Rancho Queimado

No meio da tarde, como registramos, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, divulgou uma nota considerando a decisão um “excesso”.

Há pouco, justificando o recuo acatado pelo relator, Vieira disse que não concorda, mas acatou o argumento da maioria dos pares de que Heinze “manifestou seus desvarios” na comissão protegido pela chamada imunidade parlamentar.

Vieira também afirmou que “não se gasta vela boa com defunto ruim” e acrescentou que não poderia colocar em risco todo o trabalho da CPI “por conta de mais um parlamentar irresponsável”.

No Twitter, em seguida, após ser cobrado pelo recuo, Vieira escreveu:

“A história será implacável com todos aqueles que causaram dor e morte através de tanta mentira e desinformação. Para não colocar em risco o conteúdo final do relatório da CPI, sua aprovação e posterior utilização na Justiça, pedi a retirada do indiciamento do senador Heinze.”

O texto final volta, portanto, a ter 80 pedidos de indiciamento, incluindo duas empresas. A votação do parecer será ainda hoje.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO