CPMI da JBS: “Precisamos convocar os poderosos”

O deputado delegado Francischini, do Solidariedade de São Paulo, se irrita com o fato de Ricardo Saud permanecer em silêncio na CPMI da JBS, mas diz o compreender.

“Sabemos que o senhor era um elo no meio de todo esse esquema da JBS. O senhor Ricardo Saud foi usado.”

O parlamentar aproveita para clamar que os colegas aprovem requerimentos para convocar “políticos e poderosos”.

“Precisamos convocar os políticos e os poderosos envolvidos neste tema. Senão, para que servirá isto aqui?”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 17 comentários
  1. E tudo vai virando uma onomatopeia dos felinos, no tradicional mimimimimimimimimimimimimimimi…, até o gato enjoar e bater as botas.

  2. Os BANDIDOS estão perguntando? Porque o acusado teria que responder? Eu hein! Os integrantes da CPMI deveriam estar presos.

  3. Minha nossa, Antagonistas! Quer dizer que vão chamar o Janot para esta CPMI?! Isto promete. Ora se não promete…

    1. Olha CAPACHO, não caia na besteira de convocar Janot, porque se isso acontecer, seu patrão Temer vai ficar NU em público.
      Cara, o xerife é Janot, o bandido é Temer.

    2. mas tem que chamar janota, janota xerife? piada, era um espertalhão ligado ao grande mula, que terminou se escondendo no fundo de boteco, tem que ir, acabou o microfone em que só ele falava, vai ter que responder pela bagunça que causou no país com a armação e se não der o nome dos mandantes tem que apodrecer na cadeia.

  4. Há muito tempo CPIs viraram um circo, onde os políticos direcionam os resultados para seus interesses políticos e pessoais. Evitam chamar quem precisa e chamam pessoas irrelevantes. O PT é o responsável pela desmoralização das CPIs, porque impôs a ditadura da maioria sobre o direito das minorias, que a CPI deveria representar. A última que funcionou mais ou menos foi a dos Correios, e assim mesmo, ela poupou o luladrão.

  5. O Poder Judiciário enterrou qualquer chance de uma CPI dar algum resultado concreto ao permitir que esses bandidos convocados possam permanecer em silêncio.
    Já passou da hora do Poder Legislativo dar um troco nesses togados. Poderia começar pelo bolso, pois é onde todo mundo sente.
    Que tal colocar um limite nos supersalários, acabar com as férias de 60 dias por ano, aposentadoria aos 50 anos de idade, auxílio moradia, etc…?

Os comentários para essa notícia foram encerrados.