Cravo, ferradura e condenação

Teori Zavascki dá uma no cravo e outra na ferradura? Em relação a Marcelo Odebrecht, ele já havia negado habeas corpus ao empreiteiro uma semana antes de 28 de outubro, quando os advogados pediram que Marcelo fosse beneficiado com uma extensão da decisão que libertou Alexandrino Alencar. Ou seja, Teori deu duas no cravo seguidamente.

O melhor mesmo, contudo, é que Sergio Moro condene o quanto antes o empreiteiro e seus cúmplices.

Faça o primeiro comentário