Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crimes imputados a Bolsonaro pela CPI somam mais de 100 anos de prisão

O relator da comissão, Renan Calheiros, pediu o indiciamento do presidente da República por 9 crimes
Crimes imputados a Bolsonaro pela CPI somam mais de 100 anos de prisão
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues (Rede), disse hoje, pouco antes do início da sessão para a leitura do relatório final, que os crimes imputados a Jair Bolsonaro (foto) pela comissão somam mais de 100 anos de prisão.

Segundo o senador, o texto tem consistência e não haverá argumentos para o procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmar que o “documento não está embasado”.

“O relatório aponta a corrupção no Ministério da Saúde e os responsáveis por estruturar esse esquema. Também é firme em relação ao macabro acontecimento da Prevent Senior“, disse.

Como mostramos, Renan Calheiros pediu, no relatório final, o indiciamento de Jair Bolsonaro por 9 crimes: infração de medida sanitária, charlatanismo, crime de epidemia, incitação ao crime, falsificação de documento particular, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação, crime contra a humanidade e crime de responsabilidade.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO