Crise e oportunidade

João Paulo Cunha acompanha hoje as audiências de testemunhas da Operação Zelotes, segundo O Globo.

Após a condenação no mensalão, o ex-deputado se formou em direito e trabalha para o escritório que defende Fernando César Mesquita, ex-assessor de José Sarney, e Francisco Mirto, lobista que também é acusado de espionagem clandestina.

Cunha quer tirar a OAB ainda este ano e garante que não voltará à política.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200