Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crise hídrica: maior hidrelétrica de SP chega ao volume morto

Site do ONS informa que reservatório de Ilha Solteira chegou ao volume de '0%'; operador e empresa responsável, porém, alegam que a usina ainda gera energia
Crise hídrica: maior hidrelétrica de SP chega ao volume morto
Foto: CTG Brasil, Divulgação

A longa estiagem no Brasil fez com que a usina hidrelétrica de Ilha Solteira, a maior do estado de São Paulo, atingisse o volume morto de seu reservatório nesta quarta (15), informa o site Metrópoles.

No site do Operador Nacional do Sistema Elétrico, é informado que o reservatório de Ilha Solteira chegou ao volume de “0%”.

Tanto a ONS quanto CTG Brasil, responsável pela operação da usina, alegam, no entanto, que o reservatório ainda opera, pois está na marca de 322,94 metros acima do nível do mar —qualquer posição abaixo de 323 metros nessa hidrelétrica é considerada volume morto.

A companhia e o operador afirmam que, mesmo nesse cenário, Ilha Solteira gera energia e poderá funcionar até atingir o patamar mínimo previsto em seu projeto, que é 314 metros acima do nível do mar.

Especialistas avaliam que o país corre risco de enfrentar racionamentos e apagões caso a estiagem se prolongue e os reservatórios das hidrelétricas baixem a níveis críticos.

Mais notícias
TOPO