Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: agente político de desinformação

Mensagens inéditas de WhatsApp, obtidas com exclusividade pela revista, escancaram a relação de intimidade de Allan dos Santos com o clã presidencial
Crusoé: agente político de desinformação
Capa: Rodrigo Freitas/Crusoé - Fotos: Adriano Machado/Crusoé e reprodução/redes sociais

O blogueiro Allan dos Santos, alvo de um mandado internacional de prisão, está na capa da Crusoé. A revista teve acesso exclusivo a mensagens inéditas de WhatsApp que escancaram sua relação de intimidade com o clã presidencial e deixam claro seu papel como agente político de desinformação.

“O material, reunido pela Polícia Federal no curso das investigações sobre as claques digitais bolsonaristas, mostra que os filhos do presidente costumavam se encontrar na casa de Allan dos Santos para discutir estratégias políticas e sugere que o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o filho 03 de Jair Bolsonaro, ajudava a financiar a atuação do blogueiro. Em um dos diálogos, Allan dos Santos afirma que o parlamentar chegou a “pagar” o aluguel do “bunker” que ele passou a usar quando se mudou para Brasília.”

Segundo a Crusoé, as mensagens mostram que Eduardo era a figura com quem Allan mantinha uma conexão mais direta. “A relação com o deputado envolvia encontros frequentes, nos endereços de ambos, e momentos de lazer e descontração – um deles, por exemplo, na casa de um sócio de Allan que logo depois viria a celebrar um contrato sem licitação com o governo.”

Os diálogos revelam ainda “reuniões quinzenais” do blogueiro com apoiadores dos Bolsonaro e integrantes do governo.

Leia a reportagem completa na Crusoé, assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....