Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé, entrevista: '2022 será um jogo muito sujo', diz pesquisador da USP

Pablo Ortellado aponta semelhanças entre campanhas de ódio de direita e esquerda e defende regulação do uso de plataformas digitais, como o WhatsApp
Crusoé, entrevista: 2022 será um jogo muito sujo, diz pesquisador da USP
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Em entrevista a Fabio Leite na Crusoé, o pesquisador e professor da USP Pablo Ortellado, que estuda a influência das redes sociais na política brasileira, aponta as semelhanças entre as campanhas de ódio de extremistas de direita e esquerda.

Segundo o pesquisador, somando os diferentes lados do espectro político, uma parcela de 20% da sociedade, formada por militantes engajados, é capaz de atingir todo o restante por meio das redes com distorções e mentiras.

Ortellado defende a regulação do uso de plataformas digitais no Brasil, em especial o WhatsApp (“é um debate delicado, mas que precisa ser feito”) e prevê que a eleição de 2022 “vai ser horrível. Será um jogo muito sujo”.

LEIA AQUI a íntegra da entrevista; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO