CRUSOÉ, EXCLUSIVO: BOLSONARO PEDIU A ARAS PARA RECEBER WASSEF, QUE ATUAVA PARA A JBS

Jair Bolsonaro pediu diretamente ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que Frederick Wassef fosse recebido na sede da PGR no fim de 2019, para a reunião em que tratou do acordo de delação premiada da JBS.

A informação está em reportagem exclusiva de Rodrigo Rangel e Luis Vassalo, na Crusoé.

O presidente não apenas pediu a Augusto Aras para que Frederick Wassef fosse recebido, como telefonou, pessoalmente, para o procurador que se reuniu com o advogado para tratar dos interesses da JBS.

Horas antes da conversa com Wassef, o então subprocurador-geral Adonis Callou de Araújo recebeu a ligação do presidente da República.

Bolsonaro não entrou em detalhes sobre o que seria tratado pelo advogado, mas chancelou o encontro.

Como Crusoé revelou, o advogado do presidente recebeu da JBS cerca de R$ 9 milhões, de 2015 até hoje. Seu nome, porém, não aparece em nenhum processo de interesse da companhia.

Leia a reportagem completa AQUI.

Leia mais: Augusto Aras intermediou encontro entre advogado de Bolsonaro e procuradores da Lava Jato para tratar da delação da JBS
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 224 comentários
TOPO