Crusoé, exclusivo: UnB cobra R$ 20 mil de Gilmar Mendes

Gilmar Mendes é alvo de processo interno da UnB para devolver R$ 20 mil que a universidade acredita que ele recebeu indevidamente, conta Filipe Coutinho em Crusoé.

O ministro do STF é professor concursado da UnB, mas está de licença desde 2014, acumulando funções na Justiça Eleitoral e no seu Instituto Brasiliense de Direito Público.

Clique AQUI para ler a reportagem completa em Crusoé.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Fui aluno dele na UnB, na disciplina de Direito Constitucional, às terças e quintas. Um professor medíocre, que punha a assessora Christine Oliveira Peter da Silva para dar aula às terças, enquanto ele só as ministrava às quintas. A assessora era muito melhor professora que ele.

Ler mais 15 comentários
  1. Fui aluno dele na UnB, na disciplina de Direito Constitucional, às terças e quintas. Um professor medíocre, que punha a assessora Christine Oliveira Peter da Silva para dar aula às terças, enquanto ele só as ministrava às quintas. A assessora era muito melhor professora que ele.

  2. Mais essa! O cara é professor de universidade pública!!! Já deveria há muito tempo, ter pedido exoneração do cargo, assim como fez o Dr. Moro. Quando esse togado vai aposentar no STF??

  3. EM BRASÍLIA DEVE SER TIDO COMO ESPERTO MAS AQUI ONDE MORAM OS PAGADORES DE IMPOSTOS O NOME É UM PALAVRÃO A SEM VERGONHICE NA CAPITAL É GERAL OU SÓ NAS AUTORIDADES?

  4. É mesmo um Gilmarginal! Uma VERGONHA um ministro do STF receber dinheiro de governo e ainda não ter se declarado impedido para julgar a chapa Dilma/Temer! Dá claramente a impressão de que é um suborno institucionalizado!