ACESSE

Crusoé: médicos cubanos deveriam pegar em armas se Havana ordenasse

Telegram

O documento a que Duda Teixeira, da Crusoé, teve acesso diz que os médicos cubanos “deveriam se reagrupar em unidades militares”, caso fossem ordenados, para defender um governo estrangeiro amigo de Cuba.

É espantoso. Leia abaixo:

 

Doutores e soldados: a dupla função dos cubanos que vinham para o Brasil

A ditadura cubana rompeu o Mais Médicos porque Bolsonaro prometeu abrir a caixa-preta do BNDES. MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 249 comentários