Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: o escárnio do fundão

O valor gasto na campanha eleitoral de 2020, por exemplo, já seria suficiente para comprar R$ 40 milhões de doses da vacina da Pfizer
Crusoé: o escárnio do fundão
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O aumento do fundão eleitoral para R$ 5,7 bilhões, aprovado pelo Congresso Nacional na semana passada, causou revolta e suscitou o início de um motim entre apoiadores de Jair Bolsonaro, que pressionam o presidente pelo veto, diz a Crusoé.

Para mostrar a gravidade do golpe à vista, a revista esmiuçou os balanços mais atualizados de gastos do fundão e encontrou uma série de excrescências com o dinheiro público.

“Nas eleições municipais do ano passado, realizadas em um momento crítico da pandemia, os partidos despejaram 2 bilhões de reais nas campanhas dos candidatos a vereador e prefeito –o equivalente, por exemplo, a 40 milhões de doses da vacina da Pfizer.”

“Os valores das despesas são escandalosos. Os políticos gastaram juntos 101,9 milhões de reais apenas com adesivo. Levando em conta o valor unitário de 30 centavos para um adesivo simples, mais conhecido como praguinha, seria possível produzir 340 milhões de unidades, mais de dois para cada eleitor brasileiro.”

Leia mais aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO