Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: "Os Faraós de Cabo Frio", por Alexandre Soares Silva

"Não somos todos continuamente engabelados por ex-garçons milionários com vários tipos de picaretagens pra vender?"
Crusoé: “Os Faraós de Cabo Frio”, por Alexandre Soares Silva
Foto: Divulgação

O identitarismo é o mais bem-sucedido esquema de pirâmide da história, depois do marxismo. Esta semana o caso do Faraó de Cabo Frio me fez pensar em esquemas de pirâmide, diz a Alexandre Soares Silva, em sua coluna na Crusoé.

“Para quem não sabe, o Faraó de Cabo Frio, pessoa com nome de vilão da Marvel, também conhecido como Faraó dos Bitcoins, era um garçom que abriu uma empresa de investimentos com um formato que (visto de longe, talvez) lembrava um pouco um famoso tipo de monumento funerário egípcio. Ficou milionário em seis anos, e foi preso agora pela Polícia Federal”

“A imprensa está falando de outras três empresas de investimento em Cabo Frio que funcionavam em esquema de pirâmide; tudo isso aparentemente fez a região ficar conhecida como Novo Egito. Muito bem. Mas senhores, olhem à sua volta: não estamos todos no Novo Egito? Não estamos todos rodeados de pirâmides financeiras de todas as espécies? O que faz com que pensemos que somos melhores que os pobres e gananciosos cabofrienses? Não somos todos continuamente engabelados por ex-garçons milionários com vários tipos de picaretagens pra vender?”

Leia aqui a coluna completa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....