ACESSE

URGENTE: CUBA ABANDONA MAIS MÉDICOS

Telegram

O governo cubano acaba de anunciar que vai se retirar do Programa Mais Médicos.

A alegação é de que as condições impostas pelo futuro governo de Jair Bolsonaro são “inaceitáveis”, uma vez que, elenca a ilha, a equipe do presidente eleito pôs em questão a preparação dos médicos cubanos, condicionou a permanência deles à validação do diploma e colocou como única via a contratação individual.

“Os povos da Nossa América e do resto do mundo sabem que sempre poderão contar com a vocação humanista e solidária dos nossos profissionais”, diz Cuba.

Em entrevista a O Antagonista, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta, cotado para ministro da Saúde, disse ontem que já havia alertado Bolsonaro sobre o risco de que o governo de Cuba determinasse o retorno imediato de todos os 10 mil médicos cubanos que estão no país — veja aqui.

O novo Brasil pós-PT. Você CARA A CARA com Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas e convidados. CLIQUE AQUI

Comentários

  • MARCIO -

    ja vão tarde...nunca vi uma ilhota demerda er tatnto medico... imagino a qualidade

  • Carlos -

    Até agora, valeu a pena eleger o Bolsonaro!

  • Carlos -

    Agora é calote dos "profissionais cubanos humanistas e solidários"! Qual país será a próxima vítima desses parasitas? México?

Ler 412 comentários