Cuba encoraja médicos a criticar Bolsonaro

Duda Teixeira, na Crusoé, conta que o Ministério de Saúde Pública de Cuba publicou um documento dando orientações para os médicos que atuam no Brasil criticar Jair Bolsonaro.

“Deve-se compartilhar as mensagens de Twitter do Presidente do Conselho de Estado e Ministros (Miguel Díaz-Canel), assim como repudiar as mensagens de Bolsonaro”, diz trecho do documento.

Leia a nota completa aqui.

Comentários

  • Izaque -

    Tem que expulsar toda essa corja para o buraco de onde saíram

  • Renan -

    O governo cubano pretendia influenciar a política do Brasil por intermédio de seus escravos, os médicos. Não deu certo.

  • egidio -

    Patética a subserviência do BR ao manter esse contrato vergonhoso.

Ler 170 comentários