"Cumprimos a missão", diz general interventor

Em cerimônia que encerrou simbolicamente a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro e contou com a presença do governador em exercício, Francisco Dornelles, e do ministro da Justiça, Torquato Jardim, o interventor no estado, general Walter Souza Braga Netto, afirmou que “atingiu todos os objetivos propostos”, registra o G1.

“Temos a convicção de que trilhamos um caminho difícil e incerto, mas cumprimos a missão.”

Braga Netto e Richard Nunes, secretário de Segurança, receberam a Medalha Tiradentes das mãos de Dornelles e do deputado estadual do PT André Ceciliano, presidente em exercício da Alerj – sim, aquele mesmo que lidera a lista do Coaf em volume de dinheiro movimentado de modo atípico por seus assessores. Quatro deles, como já registramos, movimentaram R$ 49,3 milhões, sendo que Elisângela Barbieri movimentou sozinha R$ 26,5 milhões.

Números provam que militares controlaram o caos no Rio

Agradeçam ao Exército

Comentários

  • VergonhaSTF -

    Pena que esse trabalho não possa continuar, sem carnaval e sem massacres o trabalho do Exército Brasileiro foi fantástico. Como carioca, só posso parabenizar e agradecer essa intervenção.

  • REVOLTADO -

    Brilhante trabalho do nosso Exército! Parabéns! Pena essa intervenção não ter sido decretada desde 2016. Os resultados teriam sido bem mais palpáveis! Faltou coragem política ao Temer!

  • Romeu -

    Dependerá do tamanho da festa do crime organizado no RJ para sabermos a importância da intervenção... Espero que Bolsonaro coloque as Forças Armadas nas ruas do Brasil.

Ler 47 comentários