Cunha adere ao mesmo chororô de Lula e companhia

Após ser condenado a 15 anos e 4 meses de prisão, Eduardo Cunha afirmou que o juiz Sergio Moro “quer se transformar em um justiceiro político”, informa a Folha. O ex-deputado também repetiu a ladainha de sempre: Moro quer usá-lo como “seu troféu em Curitiba”.

Do Complexo Médico Penal, Cunha escreveu: “Esse juiz não tem condição de julgar qualquer ação contra mim, pela sua parcialidade e motivação política”.

Curioso isso… Os petistas juram que a Lava Jato persegue o PT e a Lula. O Cunha jura que Lava Jato persegue a ele. O PP também estaria sendo perseguido pela Lava Jato?

É uma perseguição total, ou nenhuma perseguição?

Faça o primeiro comentário