Cunha, da fidelidade ao medo

O PMDB ensaia esvaziar a sessão que analisará a cassação do mandato de Eduardo Cunha, em 12 de setembro.

Os partidos do Centrão devem aderir, segundo O Estadão.

Eduardo Cunha tem amigos fiéis e aliados medrosos.