Cunha diz que Lava Jato era "complô liderado por Dilma"

Cunha diz que Lava Jato era “complô liderado por Dilma”
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Veja traz trechos do livro de Eduardo Cunha sobre o impeachment de Dilma Rousseff.

A revista diz que, na avaliação do ex-presidente da Câmara, o afastamento da petista, em 2016, poderia ter sido evitado, “se o PT não tivesse tentado derrotá-lo na Câmara”.

Sobre a Lava Jato, o deputado cassado acredita que o avanço da operação era um complô liderado por Dilma, apoiada por grão-petistas como o então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o procurador-geral da República à época, Rodrigo Janot”.

“Todo mundo iria atirar. Todo mundo iria morrer”, escreve o político no trecho do livro reproduzido pela Veja.

Conclusão: o Brasil é um país cheio de cidadãos com convicções fortes e a Lava Jato só prendeu ladrões que merecem respeito como bons ladrões.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO