Cunha e o contrário de Cunha

Eduardo Cunha diz uma coisa, depois diz outra.

Agora ele diz que a denúncia de que recebeu 45 milhões de reais em propina de André Esteves “deve adiar a divulgação de sua decisão” sobre o impeachment de Dilma Rousseff.

Enquanto Eduardo Cunha não for preso, teremos de aturar essa mixórdia.

Faça o primeiro comentário