Cunha, o poeta

Eduardo Cunha foi à ONU expor, em versos, seu conceito de democracia.

Disse ele:

“Democracia sem povo é como jardim sem flores;

não tem o que se regar, o que se manter…”

Cunha é um homem sensível, um poeta.