ACESSE

Cunha, o TRF-4 e o STF

Telegram

O TRF-4, pela manhã, negou a transferência de Eduardo Cunha de Curitiba para Brasília, como registramos.

Agora à tarde, os ministros da Segunda Turma do STF — Edson Fachin, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli — poderão julgar um pedido de liberdade apresentado pela defesa do deputado cassado.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários