ACESSE

Cunhado de senadora do PSL recebeu auxílio emergencial do governo

Telegram

Um cunhado da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) recebeu os R$ 600 do auxílio emergencial pago pelo governo em meio à pandemia de Covid-19.

Segundo dados do Portal da Transparência, Rolim de Lima Batista recebeu o benefício em abril deste ano.

Rolim é irmão do marido da senadora, Carlos César Lima Batista. Segundo pessoas que conhecem a família, Rolim tem uma lanchonete em Campo Grande.

Soraya foi eleita senadora em 2018. Não declarou bens ao TSE, apenas disse ter R$ 10 mil em espécie.

Sua campanha arrecadou R$ 76 mil. Rolim contribuiu com R$ 1 mil. Carlos César, o marido, doou outros R$ 1 mil.

Soraya Thronicke é presidente do PSL em Mato Grosso do Sul. O diretório tem como primeira-secretária Raquel Portioli.

Conforme noticiamos na semana passada, um filho de Raquel também recebeu o auxílio emergencial do governo. Segundo ela, seu filho é estudante e está desempregado.

O Antagonista não conseguiu contato com Rolim Batista, mas o espaço continua aberto para ele se manifestar.

Atualização: A assessoria de imprensa da senadora Soraya Thronicke entrou em contato com O Antagonista para explicar que ela teve o WhatsApp clonado e por isso não pôde responder às tentativas de contato.

Sobre o caso de seu cunhado, a senadora enviou a seguinte nota:

“Tive conhecimento do pedido de auxílio emergencial feito pelo meu cunhado há poucos dias. Isso porque ninguém da minha família me deve satisfação sobre sua situação financeira por eu ocupar o cargo de senadora no momento. Se meu cunhado fez o pedido do auxílio emergencial, acredito que realmente esteja precisando desse suporte financeiro do Governo, porque ele é microempresário e também está enfrentando as dificuldades com a pandemia do coronavírus, como a maioria dos brasileiros. Além disso, ele é pagador de impostos como qualquer pessoa e se foi contemplado, não tenho dúvidas de que cumpre todos os requisitos para receber o auxílio”.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Lizete -

    Não vejo porque ele não teria direito só por ser cunhado da senadora. Se fosse marido realmente não teria.

  • Edelson -

    76.000.000,00? Essa Soraya tem muito a explicar.

  • Lilia -

    Desonestidade em ascendência meteórica. Povo que envergonha a cidadania brasileira.

Ler 25 comentários